O Anjo dark povoa meus pensamentos..

em meio a sinistros holocaustos interiores,

ele vem com a noite e adormece com o dia... mas me envolve em seu fogo eterno

e me despe com sua lingua áspera,

me despe de todos os sentidos e

me carrega,  em suas asas negras e reluzentes... eu mergulho no  licor da morte

e sinto o vazio de suas entranhas,

mórbida flor noturna que brota nos paradoxos do medo e

caminha entre o desespero e o horror

esperando sempre pelo abismo que escapa de seus pés....

em vão....

seu suor, seu sangue... fugindo    

Do seu Anjo.... Anjo da Morte

 

Há um tempo em que é preciso 

abandonar as roupas usadas, 

que já têm a forma do nosso corpo, 

e esquecer os caminhos, 

que nos levam sempre 

aos mesmos lugares.

É o tempo da travessia: 

e se não ousarmos fazê-la, 

teremos ficado, para sempre, 

à margem de nós mesmos.

 

"Não quero ter a terrível 

limitação de quem vive

apenas o que é possível 

de fazer sentido."

 

 

 

Nunca fui como todos

Nunca tive muitos amigos

Nunca fui favorita

Nunca fui o que meus pais queriam

Nunca tive alguém que amasse

Mas tive somente a mim

A minha absoluta verdade

Meu verdadeiro pensamento

O meu conforto nas horas de sofrimento

não vivo sozinha porque gosto

e sim porque aprendi a ser só...

 

Apaixonado

Era uma tarde como qualquer outra e derepente o telefone tocou.... atendi pensando que era mais um daqueles clientes insatisfeitos reclamando  do plano e da conta alta, mas ... em vez disso era uma voz forte e sensual aos meus ouvidos dizendo, oi sou eu ........... te liguei  para marcarmos algo como combinamos, não sei nem porque aquilo parecia como uma sinfonia em meus ouvidos e fui me deixando levar por aquela voz doce e enebriante, marcamos algo, mas a chuva caia sem parar e começamos a falar   e a vontade só aumentava, foi quando decidimos ir assim mesmo e fazer amor na chuva.   Marcamos um lugar e saimos de moto pela chuva, a chuva ajudava a esfriar as nossas vontades e expectativas, chegamos a um lugar no meio do nada e fomos nos olhando nos olhos, com uma vontade faminta, louca, de quem espera à muito tempo por aquilo. E começamos a nos despir, eu tirava uma peça ele tirava outra e o tezão arrepiando nossos corpos em meio a chuva fria, ficamos nús em meio ao nada apenas eu e ele, e pela primeira vez sentimos o calor do corpo um do outro e em meio a chuva encostado na moto eu o toquei pela primeira vez, a minha boca quente contrastava com a chuva fria e o seu penis ereto cada vez mais conhecia aquele caminho quente, num movimento de vai e vem que só aumentava o desejo.   Não deixei ele ter atitudes porque o queria e muito e então ele abriu caminho por entre minhas pernas, eu estava de costas e sentia aquele corpo desejado se comprimindo junto ao meu e rasgando meu interior, estava toda úmida de tanto prazer consumado e quente como uma tarde de verão, foi assim que vc me penetrou pela primeira vez, mas não bastava,  e foi assim que senti seu penis buscando um novo caminho, e louca de tezão que estava fui esfregando minha bunda macia em seu membro que reagiu imediatamente, procurando adentrar de uma forma excitante e lenta, então fui relaxando e deixando vc me consumir, lentamente a principio e com loucura depois e foram tantos ais , para....., continua, mais forte, vai , isso, coloca tudo, e  foi assim em meio a chuva fria que tivemos o nosso momento de magia, de intensos orgasmos.....

 

http://www.youtube.com/watch?v=vc2y4jlPtIY

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, Viagens, Esportes de aventura
MSN -